domingo, 8 de março de 2009

TIM, TIM: FELIZ DIA DAS MULHERES!


8 de março - Dia internacional da mulher!!!


Aproveitando o ensejo para mandar um forte abraço a todas as mulheres , em especial a as mulheres da minha vida – Minha esposa Danielle, minha mãe Eunice, minhas irmãs (Maria e Ellis); minhas sobrinhas (Rafaella e Manuella) minha vó Amélia, a Bisa (Dona Cida) e até pra minha SOGRA!!!

Isso mesmo pra minha sogra Rosangela rsrsrs... Minha segunda mãe...

Beijos e Beijos!!!!



crédito video: Any Moraes

4 comentários:

Carlos | 8 de março de 2009 14:56  

Viva as mulheres!

O Dia Internacional da Mulher é comemorado oficialmente pela 34ª, mas a homenagem já tem quase um século de vida.

Em 1911, quando as mulheres não tinham nem direito ao voto em praticamente todo o mundo, o dia delas começava a ganhar o planeta. A homenagem vem não apenas de um fato que aconteceu em um 8 de março de 1857, em Nova York.

Para se chegar a esta data foram precisos haver uma revolução, protestos violentos e que centenas de mulheres dessem a cara e o corpo para bater e até ser queimado.

No final do século XVIII, a escritora britânica Mary Wollstonecraft levantou dequestão de como a mulher era tratada, de como vivia em condições subumanas de trabalho, com carga horária pesada e salários bem mais baixo do que os dos homens já eram apontados para mostrar quanto elas eram consideradas de forma diferente, o que infelizmente pouco mudou até os dias de hoje
“Por que as mulheres são comparadas a anjos, senão somente para deixá-las abaixo das mulheres? Elas só são anjos quando são jovens e bonitas, consequentemente, não é pela virtude que adquirem esta homenagem”
Mary Wollstonecraft – 1792 ( "A reivindicação dos direitos das mulheres", em 1792)

Em 8 de Março de1857, trabalhadoras de uma fábrica têxtil, apelidadas então de ‘funcionárias das vestimentas’, protestaram por melhores condições de trabalho em Nova York e o que ganharam a curto prazo foi uma violenta resposta de policiais.

Em 8 de março de 1.859 é criada a primeira Associação de Mulheres Trabalhadoras e com a criação desta força única começaram a obter os primeiros direitos de trabalho.
Em 8 de março de1908 15 mil mulheres se organizaram na cidade de Nova York e fizeram novo protesto reclamando por seus direitos e também protestando contra o trabalho infantil.

Em maio de 1.908 o Partido Socialista da América estabeleceu que o último domingo de fevereiro seria o “Dia Nacional das Mulheres”, data que foi mantida até 1913.
Em 1910 sob o comando da alemã Clara Zetkin as mulheres que faziam parte das organizações socialistas de todod o mundo se encontraram em Copenhague, na Dinamarca e resolveram adotar uma data fixa para celebrar o dia delas. Ficou acertado que seria em 19 de março, e já no ano seguinte países como Dinamarca, Suíça, Alemanha e Áustria o adotaram.

Em 25 de Março de 1911 cento e quarenta e um trabalhadores, entre mulheres, crianças e adolescentes italianos e judeus europeus, dos 500 presentes na fábrica morreram em um incêndio criminoso na companhia Triangle Waist Company.
Após tantas lutas e por causa desta tragédia e tanto sofrimento as trabalhadoras lideradas pela União das Moças Trabalhadoras do Vestuário e da Liga da União das Trabalhadoras, conseguiram os primeiros avanços. Entre eles, de obrigar que as empresas mantivessem abertas as portas de emergência. Antes, os empresários fechavam todas alegando que havia furto de produtos.

A data de 8 de março também ganhou força na Rússia. Em 23 de fevereiro de 1917 pelo calendário Juliano, que coincidentemente caiu em 8 de março pelo calendário gregoriano, o czar russo Nicolau II foi obrigado a deixar o governo e garantir o direito ao voto das mulheres.

Somente em 1975, 64 anos depois da convenção socialista e 30 após a sua criação, as Nações Unidas resolveram adotar a data como oficial para celebrar o Dia Internacional da Mulher.

Danilo Rafael | 8 de março de 2009 21:37  

Legal Carlos o histórico da luta em defesa dos diretos das mulheres!!!
Você viu a manifestação em São Paulo as mulheres defenderam o "aborto". Uma posição de coragem, tendo em vista o conservadorismo das igrejas, principalmente a católica...
Acho legal as próprias mulheres pautarem esse debate, mas deve ser feito com responsabilidade, é necessário debater as situações,como estupro e por ai vai...

Anônimo | 10 de março de 2009 23:55  

Esse Carlos, além de escrever bonito, ainda é uma bibliotéca ambulante, elê sabe tudo, fala sobrê tudo, estou impresionado, que coisa né.

Anônimo | 11 de março de 2009 00:00  

O Carlos Bibliotéca, eu não sei se escrevi certo, é impresionado ou impressionado, me desculpa pedir ajuda, mas realmente deu um branco, obrigado pela ajuda.

Tu comentario será moderado la primera vez que lo hagas al igual que si incluyes enlaces. A partir de ahi no ser necesario si usas los mismos datos y mantienes la cordura. No se publicarán insultos, difamaciones o faltas de respeto hacia los lectores y comentaristas de este blog.

“O importante é que cada dia melhoramos mais, a perfeição é uma utopia; Mas a busca da perfeição é o que nos torna sábios”!!!
eqUIPE CAIXOte